Arquivo da tag: pousada

Carnaval alternativo

Padrão

Estou atrasada com esse post, afinal o carnaval já está aí. De qualquer forma, as dicas valem para qualquer época do ano.

O pessoal do Jornal Brasília Capital me fez outro convite, dessa vez para dar alternativas para quem quer aproveitar o feriado para descansar. Ainda não peguei a versão impressa, mas dei um print pra vocês verem.

Como sempre, muito bacana escrever essas matérias com carinha de post. Além de repassar pra vocês as dicas, aprendo mais e mais. =) Podem confiar!
Lembrando que são indicações ótimas para quem estiver no Centro-Oeste.

Jornal carnaval

Para ler a edição na íntegra em boa resolução, clique aqui.

Ecologicamente correto: why not?

Padrão

Como não recebi as fotos do coquetel ainda, vou deixar pra falar mais pra frente.
Bom, depois de uma semana muito cheia e agitada, a vida começa a voltar ao normal.
E já que estou precisando de um descanso, resolvi falar sobre um livro que comprei na minha última ida a Curitiba. Fui buscar um amigo na PUC e dei de cara com uma exposição de livros a R$10. Não pensei duas vezes. Além de ser um livro bem fofinho, é prático e traz indicações ótimas de viagens ecológicas.

O fim do ano está aí, daqui a pouco chega o carnaval e você que não é da folia fica sem saber pra onde ir. Essa é a sua realidade? Então sugiro que invista nessa aquisição. Se você curte um tempo tranquilo, conhecer paisagens diferentes, se quer entrar em contato com uma realidade diferente da nossa, vítimas cruéis do capitalismo, essa coletânea de hotéis/pousadas/albergues ecologicamente corretos vai te ajudar bastante. Não são opções muito baratas levando em conta o deslocamento, mas se você planejava gastar de qualquer jeito, repense sua escolha =)

Ainda não tive a oportunidade de conhecer, mas separei três opções que melhor se encaixam nas categorias Ambiental (avaliação dos empreendimentos sob o aspecto do impacto ambiental) e Social (avaliação com base no desenvolvimento que o estabelecimento pode trazer aos moradores e comunidade).

Black Sheep Inn ✽✽✽✽✽
Chugchilán, Cotopaxi, Equador
Diárias: US$25-70 por pessoa por noite, com café da manhã e jantar

O Black Sheep Inn é mais do que um modelo para uma vida de baixo impacto: é um lugar confortável e acolhedor. Os chalés são feitos com palha tradicional e aquecidos por fornos a lenha. Em uma reforma recente, banheiros foram instalados em três quartos, e a água é aquecida pelo sistema de energia solar.

A comida vegetariana é quase 100% cultivada no terreno da propriedade e é servida em um salão comunitário, onde servem agua purificada por ozônio ou vinho chileno. A preservação está em primeiro lugar e o reaproveitamento é tamanho que a pousada gera apenas 30g(!!!) diárias de resíduo por hóspede.

Sem dúvidas uma das opções que mais me despertou interesse.

Black Sheep Inn Equador

Iwokrama Field Station e  Canopy Walkway ✽✽✽✽✽
PO Box 10630, 77 High Street, Kingston, Georgetown, Guiana
Diárias: US$135 por chalé (para 6 pessoas) por dia, com todas as refeições.

“É difícil compreender a rara presença da Guiana nos roteiros de turistas que viajam pela América Latina. O país tem a maior porcentagem do território ocupada por floresta primária e reúne paisagens fabulosas”, assim começam a falar sobre esse ‘desconhecido’ lugar.

Iwokrama Forest Field Station faz parte de um conjunto de locais interessantes e hospedarias no interior da Guiana. O acampamento-base fica no centro da floresta, nas encostas do Essequibo, principal rio guianense. A 2 horas de lá está a Conopy Walkway, passarela suspensa que atravessa a copa das árvores ainda não violadas pelo desmatamento. Passeio obrigatório para quem estiver por lá…

Formado por 3 chalés com capacidade para 6 pessoas, o acampamento também conta com quartos que ficam em albergues coletivos, interligados por uma varanda coberta. Apesar da caractéristica rústica, as acomodações são confortáveis.

Interessante saber: A ONG Iwokrama oferece apoio efetivo a 14 comunidades indígenas, inclusive as aldeias dos macuxis, que recebem treinamento, formação e emprego.

Iwokrama

Maho Bay Camps e Estate Concordia ✽✽✽
PO Box 310, Cruz Bay, St John, Ilhas Virgens Americanas
Diárias: tendas em Maho Bay a partir de US$80 por noite para duas pessoas; tendas ou apartamentos-estudio em Estate Concordia a partir de US$95 por noite para duas pessoas.

 O Maho Bay Camp, localizado na Ilha de St. John, nas Ilhas Virgens, possui tendas moderníssimas, com deque privativo e vista para o mar. São 114 chalés e nove apartamentos-estúdios pra quem quiser algo mais luxuoso. O resort tem um programa de recuperação ecológica e serviram de base para o segmento.

Há também o Estate Concordia, que é um empreendimento recente desenvolvido no outro lado da ilha. Com 21 hectares, numa península banhada pelo mar do Caribe, é formado por 40 tendas-chalés, um centro de ioga, restaurante e um estúdio que ilustra como os resíduos do resort poderão ser convertidos em obras de artes. Outro incentivo é o fato de que as duas unidades do resort tem fácil acesso a mais de vinte trilhas.

Uma curiosidade: a limpeza dos quartos é de responsabilidade do hóspede, inclusive varrer o chão e arrumar as camas. É uma forma de diminuir a produção de lixo e desenvolver a consciência ecológica. Há quem questione essa medida, mas eu achei muito bacana!

Maho Bay Estate Concordia

Fonte: Guia Viagens Ecológicas

Muito legal né?
Sugiro  que entrem nos sites e explorem um pouco mais desses lugares incríveis…
Excelentes opções para fugir da rotina ou até mesmo para uma viagem romântica, não?

Aposto que você desejou estar lá tanto quanto eu!

Dica pros candangos!

Padrão

Sei que todo mundo trabalha e estuda, por esse motivo não dá pra viajar durante a semana, mas todo mundo merece passar pelo menos uns dois dias relaxando, não é?
Essa semana recebi ofertas muito bacanas do Hotel Urbano e separei 3 opções por menos de R$200,00.
Dessa vez as opções foram especialmente separadas pra quem mora no Centro-Oeste.

obs: ofertas retiradas do site às 11h do dia 06 de outubro de 2012.

Ah, basta clicar nas imagens pra ser encaminhado pro link de compra.

Beijos!

Vambora com o leitor! #4

Padrão

Mais um!
Hoje quem traz as dicas é a Marina Alves, de Brasília. Ela fala um pouquinho da paixonite que tem por João Pessoa-PB e elege os melhores lugares na cidade.

Vambora!

“Bom, João Pessoa já é quase minha segunda cidade, fui pra lá pelo menos umas quatro vezes e cada vez que vou lá me encanto mais. É uma capital que foge daquela loucura que é Salvador ou Fortaleza. A primeira vez foi como se tivesse descoberto o céu, imaginei como os portugueses se sentiram quando acharam aquela terra! As praias são extremamente belas, principalmente as que ficam um pouco afastadas da cidade (a uns 30 minutos tanto ao norte quanto ao sul da capital).

A viagem

Como o aeroporto de JP não é tão grande, o fluxo de voos se torna bem reduzido e assim as passagens um pouco caras, então vale comprar antecipadamente, tentar milhas ou alguma promoção. Muita gente (inclusive eu ja fiz) tenta voo para Recife, que é mais barato e depois seguem pra lá de carro, pois na região do Nordeste tudo é muito perto. De Recife a João Pessoa você gasta 1h30 de carro e se ainda quiser dar um pulo em Natal, dirija mais umas 2h.

Hospedagem

Como uma das minhas tias morou lá e acabou comprando uma casa pra passar férias, eu nunca fiquei em hotel. Mas ali na orla de Tambau e Cabo Branco existem vááários hotéis e pousadinhas e esses lugares são muito bons pra ficar, já que a feirinha de artesanato fica por lá, além de restaurantes e tal. O legal é que dá pra fazer tudo a pé.

Comida

Vamos para a melhor parte: comida. rs Indico quatro restaurantes fantásticos, é quase lei ir a pelo um deles quando estou lá.  O primeiro é  o Porto Madero, onde você pode comer a melhor macarronada da sua vida, ele é meio carinho, mas para um passeio a dois é ótimo, até porque o ambiente é “a meia luz” e tal. Claro que o Mangai tem que estar nessa lista, sem comentários! Eu recomendo a gororoba de camarão… É divina! Pra quem não quer fugir da rotina da cidade, tem uma churrascaria ótima chamada Terêrê, na orla de Cabo Branco. As carnes de lá são excelentes e na mesa do buffet o que me encantam são os sushis. Gente, é incrível! De ficar louca! E por último, o Canyon. Esse fica na Praia de Coqueirinho e é MARAVILHOSO! A melhor vista, clima, comida, TUDO! Me senti na Ilha de Caras, sem brinks! hahaha

Passeios

As praias da cidade são muito bonitas, estão perto de tudo e algumas tem até escolinha de surf, mas as melhores são as mais afastadas também. A Praia de Tabatinga é quase deserta se não fossem as casas ao redor, é muito boa. Quando a maré está baixa, dá pra ficar bem tranquilo com as crianças e quando está cheia é ótima pra pegar uns jacarés, tomar uns caldos. hehe Nessa praia você tem que levar sua barraca, cadeira, etc, mas tem uma lojinha que vende água de coco, comida, bebidas, enfim.

 

A Praia de Coqueirinho é a the best! Tem uma área em que forma uma piscina natural e um pouquinho pro lado você descobre outra parte com ondas, restaurantes (o Canyon, por exemplo) e a água é extremamente limpa. Evite os finais de semana nela, são mais cheios.

Ah! Também tem a famosa Praia de Tambaba, de naturismo. Cheguei só até a escada e realmente a galera fica peladona, minha tia foi e disse que é a melhor coisa do mundo. Ok, né! rss

Mas o lugar mais bonito que eu já vi é a Praia Bela, onde o mar se encontra com um rio. É tipo f***! Mas o mar é muito forte, vale a ida pra tirar umas fotos, tomar alguma coisa e admirar vista.

E por fim, super recomendo o pôr do sol na Praia do Jacaré, é ótimo. Chegue cedo, porque fica cheio mesmo. É muito bonito! E depois, mais no fim do dia, ainda rola dar uma volta numa feirinha que tem por perto.

Beijos,
Mari”

Enquanto editava o post só queria estar em cada canto descrito. hehe
Não conheço João Pessoa e confesso ter ficado muito surpresa com as imagens. As praias são realmente muito bonitas, dá vontade de teletransportar!
Maricota, muito obrigada!!! Amei!

Quem já visitou JP aí?

Beijocas!

Vambora com o leitor! #1

Padrão

Antes de entrar nas dicas de hoje,  quero externar minha alegria pelo feedback de vocês!
É muito importante ver que estão gostando e isso dá um ânimo, sem dúvida. Eu e Sarah estamos trabalhando sem parar! hehe

O ‘Vambora com o leitor!‘ é um cantinho dedicado aos leitores. Uma vez por semana traremos dicas enviadas por vocês. Se você tem algo a dizer sobre algum lugar, alguma informação bacana, recomendação de hotel, restaurante ou passeio, nos envie pro annabeatrip@gmail.com!

Pra inaugurar esse espaço, iremos até Maceió-AL com o Fábio Oliveira! Let’s go!

“Fui a Maceió em julho/2012  e fiz um passeio muito legal pelas praias. O passeio consiste em um tour por três praias: Praia do Francês, Barra de São Miguel e por último Praia do Gunga. O serviço é feito por uma van, se informe em sua hospedagem como contratá-la, e custa R$ 25,00 por pessoa.

A primeira parada é na Praia do Francês, onde você pode ficar e curtir o resto do dia até a van passar pra buscar, ou seguir viagem até a Barra de São Miguel. Nessa segunda, você pode pegar um barco rumo a Praia do Gunga e no caminho fazer uma parada num banco de areia, onde você pode fazer um mergulho com os peixes. Eu preferi seguir viagem em terra até a terceira praia mesmo, que por sinal é muito bonita! Gostei tanto que fiquei o resto do dia por lá… Vale muito a pena!

Praia do Francês


Barra de São Miguel

1 e 2: Praia do Gunga –  3: Vista de Pajuçara de dentro da jangada

Outra praia que visitei e que gostei bastante foi a Pajuçara. Não é das mais badaladas, mas a vista é belíssima. Em Pajuçara você pode fazer o passeio de jangada e mergulhar em alto mar por R$25,00. Um profissional tira fotos do mergulho e se você quiser, ele vende o dvd com umas 20 fotos por R$40,00. Ah! Ele faz a entrega do dvd no hotel em que você estiver hospedado.

Uma atividade diferente e bem legal é dar um rolê de bicicleta pela orla da praia. Você pode alugar a bike por R$ 8,00 em frente ao restaurante Parmegiano, e de preferência, ande pelo lado esquerdo da loja do aluguel.

Fui também até a Lagoa da Anta, lugar super bonito e bem cuidado. Ao lado da Lagoa tem um resort muito chique em frente a praia. O nome dele é Hotel Jatiuca, quem quiser investir mais um pouquinho, fica a dica.

Digitalizei o folder da empresa com o preço os passeios. Tá meio tortinho, mas dá pra ler, basta clicar pra ampliar a imagem.

Fotos: Fábio Oliveira

Se tiver alguma dúvida ou quiserem ver mais fotos,  deixe nos comenários que eu respondo. =)

Abraços, Fábio!”

Legal né? Eu mesma nunca fui Maceió, mas pelas dicas já dá pra ter uma ideia..
Muito obrigada, Fábio!
E você, já foi a esses lugares? Se sim, tem alguma dica a acrescentar?

Beijos