Arquivo da tag: passo a passo

Coisas legais para uma viagem legal

Padrão

Esses dias estava pensando nas coisas que considero importantes na hora de viajar e percebi que não precisamos de muita coisa.

Pedi um help pro pessoal da fanpage (se não curtiu, faça o favor! rs) e reuni os itens que tornam nossas viagens mais seguras e divertidas. Thanks!

Indispensáveis

É claro que levei em considerações os meus gostos, mas acho que a maioria vai concordar.

1. iPod/mp3/etc: Nem preciso falar muito desse item né? Todo mundo acaba levando um tocador de música. Minha dica é bolar uma lista bacana, afinal, não tem nada melhor do que uma trilha sonora marcante.

2. Cartão telefônico: O Cadu, de Minas, mandou essa dica no fbook e achei genial. Apesar de ser um item óbvio de ‘sobrevivência’, nunca tinha pensado em colocar na minha lista de prioridades. Já pensou ficar com celular descarregado e precisar de um táxi? Mão na roda!

3. Câmera fotográfica: Dispensa justificativas né? Há quem tenha uma filosofia de viajar SEM câmeras porque alegam gostar de registrar na memória, mas eu não confio muito na minha. Sem contar que sou fã de fotografia, acho uma delícia!

4. Isqueiro: Essa dica quem mandou foi a Fê, do RJ. Também achei uma ótima lembrança. Na hora de emprestar pro amigo que esqueceu, de acender a vela num apagão, na hora de queimar a ponta de um fio da roupa, ou até mesmo se precisar improvisar uma fogueira. Ter um isqueiro pode salvar a vida num momento de perrengue, nunca se sabe né?

5. Mochila: Já disse aqui outras vezes que é um item indispensável. Não precisa ser uma cargueira (de mochilão), qualquer mochila que sirva de suporte durante sua viagem é válida. Não tem coisa melhor na hora de bater perna, você pode guardar câmera, lanchinhos, água, carteira e uma blusinha.

6. Mapa/guia turístico: Outro basicão. É legal incluir na bagagem um mapa da cidade ou descolar um guia turístico assim que chegar. Você ganha liberdade pra bater perna,  entende as distâncias e na hora de pedir um táxi, auxilia na localização.

7. Livros/tablets: Incluí os tablets porque sei que muitos se tornaram adeptos da leitura virtual. Eu sempre levo um livro interessante para os momentos relax da viagem. Nada de levar livros muitos pesados ou que tenham leitura muito exigente. Acho que o importante é esfriar a cabeça e não deixá-la mais tensa ainda.

8. Chicletes e derivados: Esse aqui é um vício meu. Sempre carrego algum docinho na bolsa. Acho que é sempre legal ter, apesar dos dentistas recriminarem. Chiclete, chocolate, balinha, jujuba são sempre bons né?!

Ufa! Fim. hehe

É claro que existem outras tantas coisas que podemos e devemos levar, como documentos, carregadores e  óculos de sol, por exemplo. Mas acho que é bem legal ficar atento a essa listinha aí em cima :)

Quem se programa não perde a viagem!

Padrão

Para alguns, as férias estão começando. Para outros, acabando. Para outros nem chegaram: no caso, eu. #força #fé #esperança #hashtags #rsrsrs

Como não tive essa folga prolongada, estou programando uma viagem para o tão esperado Carnaval. Eu bem queria ir pra Salvador, mas deixei pra última hora e as passagens subiram assustadoramente, como sempre. Sendo assim, decidi tentar um caminho alternativo à folia e ir para o outro extremo do país.

Bom, mas não vim falar sobre minha saga carnavalesca (ainda). Na verdade, trouxe uma dica legal pra quem também não conseguiu fugir da rotina nesse verão. O site Melhores Destinos (recomendo!) divulgou ontem a promoção da Azul, com ofertas a partir de R$ 86 ida e volta! Isso mesmo.

Como tudo que é bom tem um porém, essa promoção também tem. O regulamento diz o seguinte:

Período de compra: 11/2 a 17/2 às 20h
Embarques às terças, quartas ou sábados de 19/2 a 27/06 – exceto nas datas de 27/3 a 29/3 e 31/3 a 01/4
Permanência mínima de 2 dias na cidade-destino

Sim, viajar no meio da semana é um obstáculo pra quem trabalha, mas você pode negociar uma folga até junho e emendar o final de semana na praia. Nada mal né?

Separei os trechos mais possíveis e baratos:

Brasília – São Paulo R$ 150 (ida+volta) Azul
Belo Horizonte – Rio de Janeiro (Galeão) R$ 112 (ida+volta) pela Azul
Campinas – Florianópolis R$ 199 (ida+volta) Azul
Goiânia – Campinas R$ 244 (ida+volta) Azul
João Pessoa – Salvador R$ 236 (ida+volta) Azul
Porto Alegre – Curitiba R$ 150 (ida+volta) Azul
Rio de Janeiro – Belo Horizonte R$ 112 (ida+volta) Azul
São Paulo – Brasília R$ 150 (ida+volta) Azul
Teresina – São Luis R$ 236 (ida+volta) Azul
Vitória – Rio de Janeiro R$ 112 (ida+volta) Azul

Existem outras opções de destinos mais baratos nas outras companhias também. Pra conferir a lista completa, clique aqui.

Vou preparar um post com opções de hospedagens nos destinos mais procurados.
Espero que alguém consiga aproveitar esses preços!

Fonte: Melhores Destinos

Fikdik: cupons de desconto no exterior!

Padrão

Como estamos em época de férias e eu bem sei que vários amigos estão embarcando para o exterior, principalmente para os Estados Unidos, vim dar uma dica super legal.

Na verdade verdadeira, quem recomenda o site é a Bianca, outra fofis que trabalha comigo na agência. Ela tá indo pra New York na semana que vem e encontrou dois sites que disponibilizam cupons de desconto em diversos segmentos.

RetailMeNot_Logo

O site gringo Retailmenot  oferece diversas formas de aproveitar o desconto. Você pode comprar pela internet e garantir o frete grátis* (free shipping) ou imprimir o cupom e apresentá-lo na hora da compra (printable coupons).

São inúmeras as lojas que participam dessa ação como Forever 21, Hollister, GAP, Wallgreens, Aeropostale, Puma, Papa John’s e muitas outras. Ligue a impressora e mande ver!

*não sei dizer se entregam no Brasil!

coupon-cabinO CouponCabin é bem semelhante, talvez um pouco bagunçadinho e confuso, mas a intenção é a mesma. São várias opções e atualização diária de descontos. Verifique a validade, imprima e aproveite a bagatela também!

Se vocês conhecem mais opções como essas, mande aí pra gente!

 

Nunca viajei sozinho. E agora?

Padrão

Alô, alô, marciano! Como foi a recepção de 2013 por aí?
Por aqui foi tudo jóia! Aqui em casa, recebemos o ano com esperança e fé! E vocês, por onde andam?
Tem amigo em Curitiba/PR (muitos, por sinal!), no Rio de Janeiro/RJ, em Vitória/ES, no Uruguai, em Belo Horizonte/MG, em Sorocaba/SP, em Paracatu/GO, em Punta del Este, etc! Ufa, vocês foram pra tantos lugares que nem me lembro mais. De qualquer forma, espero que para todos tenha sido bom e alegre! Se servir de conselho, leia meu último post e tente se inspirar!

Bom, hoje vim falar sobre uma ‘aflição’ que viajante de primeira viagem sempre tem. Geralmente, ela bate nos menores de idade ou até nos de maior que nunca o fizeram.

“Bia, vou viajar sozinho/com amigos, mas nunca viajei sem meus pais. Como é?!”

Primeiramente, você precisa avaliar que tipo de viagem você vai fazer. É um intercâmbio? Final de semana com os amigos? Carnaval? Férias na praia? Eu diria que nenhuma delas é um bicho de sete cabeças, pelo contrário. Não tem erro viajar sozinho e uma hora isso vai ter que acontecer, certo?

Pra facilitar, preparei uma check list importante pra quem vai viajar sem os pais pela primeira vez.

Leia o resto deste post

AnnaBeatrip na mídia

Padrão

Quem acompanha a nossa fanpage (curte aí!) já deve saber que fui convidada para escrever uma matéria pro Jornal Brasília Capital. O convite surgiu de forma bem informal, de quem leu o blog e gostou, e me deixou bem empolgada, afinal, é a primeira vez que o blog sai em um veículo impresso.

Super obrigada ao Julio e ao Gabriel, da redação do Jornal, pelo convite e por confiar uma página da edição especial de fim de ano. Espero que os leitores do jornal curtam e vocês também!

Com a correria dessa semana, ainda não acessei a edição em PDF, então trago pra vocês alguns cliques que fiz da publicação. Assim que conseguir, faço um update com o link.

pilha jornalbsb capital

O Jornal Brasília Capital também tem página no facebook hein, basta clicar aqui.
E vocês também podem acessar o blog deles por aqui.

Muito obrigada mais uma vez à equipe do jornal! Espero contribuir com vocês mais vezes!

Itens necessários na hora de viajar

Padrão

E aê? Já estão se preparando para as viagens de fim de ano?
Sei que nessa época todo mundo faz as malas e foge para algum lugar, mesmo que esse lugar seja a casa da avó. Não é mesmo? E todos nós estamos contando os dias para dar uma pausa no trabalho e curtir os dias de folga.

Amanhã (sexta-feira) embarco pra Botucatu/SP com a Naty (California girl rss) e, aproveitando a época e a situação, resolvi fazer uma lista dos objetos essenciais na hora de viajar. Eu sei, eu sei. Vocês já sabem que esses itens são necessários, mas não custa dar uma dica pra galera que quer aproveitar o fim do ano pra se organizar melhor né?

I. Mala média/grande: Esse tipo de bagagem é essencial ter. O bacana é comprar os modelos com rodinha, porque ninguém merece carregar tanto peso. Nessas cabem tudo e são ideais pra viagens de, ao menos, uma semana.

II. Mala de mão: Se sua viagem é curta, o ideal é que você leve só uma mala de mão. Você não precisa, necessariamente, despachar na hora do embarque e de quebra evita o excesso de bagagem. Ter que desfazer aquela super mala pra passar um final de semana não é nada prático! Na minha última ida a Curitiba passei 5 dias com uma única mala de mão. É possível, meninas! rs

mala de mao

III. Mochila: Agora, se sua trip tem um caráter aventureiro, se você vai bater perna e explorar bastante o destino, sugiro que garanta uma mochila. É legal ter uma dessas, porque você, que vai sair cedo do hotel/hostel e ficar fora o dia todo vai precisar de alguns itens de ‘sobrevivência’. Garrafa de água, lanchinho, carteira, câmera, casaco, celular, ipod, etc. Vamos combinar que isso tudo não cabe numa pochete nem numa bolsinha, né? Fora que você ainda fica com aquele ar de ‘viajante’! rs

mochilas

IV. Necessaires: Esse item aqui é indispensável e nem preciso falar muito. Todo mundo tem alguma em casa. Minha sugestão é que você tenha pelo menos duas, uma de tecido (maquiagens, etc) e uma de plástico (shampoo, cremes, etc). Dica: lojas de departamento costumam vender kits bem bacanas a preços justos.

necessaire

V. Saquinhos: Esses daqui são muito úteis na hora de arrumar os calçados, ajudam a organizar e mantém as roupas limpinhas. Na correria de fazer as malas, a maioria acaba utilizando sacos plásticos de mercado mesmo. E não tem mal nenhum nisso, não é pobreza nem nada disso, mas a gente tem outras opções também. Eu, por exemplo, me tornei super adepta dos saquinhos de pano, aqueles que a gente ganha quando compra sapato. Inclusive, vou fazer um DO IT YOURSELF (faça você mesmo) pra ensinar vocês a confeccionarem seus saquinhos de tecido.

saquinhos

VI. Porta documentos: Guardar os documentos pode ser dramático para algumas pessoas. Eu mesma já passei uns perrengues por não saber onde tinha guardado o voucher da passagem. Já pensou? Esse item não é muito comum e a gente acaba usando qualquer coisa bolsinha ou a própria carteira pra guardar os documentos como passaporte  e reserva de hotel. Mas o ideal é que você tenha um porta-documentos, assim você deixa tudo à mão e facilita a vida burocrática. Eles são facilmente encontrados em sites de compra online ou até em lojas de departamentos.

UPDATE: Minha amiga Lorena deixou nos comentários uma dica legal. A Loja Imaginarium tem alguns modelos bem lindos a preços justos. Fica a dica hein!

porta documento

Espero que isso ajude os mais bagunceiros como eu.
Se você lembrou de algum outro item bacana, fale pra gente!

Nessa semana ainda teremos coisas bacanas por aqui. Stay tuned!

Do you speak englishhh?

Padrão

Já disse que vivo antenada pra trazer coisas legais pro blog, né?

Hoje estava lendo o Jornal de Brasília (de ontem) e encontrei uma pérola. rs
Eles falaram sobre a necessidade de compreensão que os turistas tem e lembraram que a Copa das Federações acontece em seis meses e a Copa do Mundo em dois anos.
O probleminha é que ainda não estamos preparados para lidar com os idiomas que vão invadir as cidades.

Pensando nisso, preparam um mini guia de sobrevivência.
Eu achei bem legal, mas devo confessar que algumas expressões são cômicas.

E minha friend Camila bem disse: espero que todo mundo saiba ler em inglês, porque de nada vai adiantar saber falar “No, im not frê” rss

Guia rapido

De qualquer forma, fica super a dica!
Vou separar umas opções de cursos de idiomas online e trago pra vocês.

Beijocas