Arquivo da tag: goiás

Bate e volta no Goiás!

Padrão

Quem disse que viagem boa é só com amigos? No último domingo peguei a estrada com a família pra fazer um bate e volta no Goiás.

Aqui no Centro-Oeste todo mundo conhece Corumbá e Pirenópolis (ou já ouviu falar). Pra quem não sabe, essas duas pequenas cidades ficam separados por 20 minutos apenas, além de compartilharem muitas histórias.. Saindo de Brasília, em 1h30 você estaciona por lá.. Pertinho, né?

Acontece que meu avô mora em Corumbá, então a região é bem familiar pra mim. A cidade é bem pequena e bem interiorana, mas muito famosa por sua cachoeira, onde tem o famoso Salto do Corumbá.. Ah, só estou dizendo essas coisas pra situar vocês que nunca estiveram por lá..

Não tenho dicas muito úteis, mas registrei algumas paisagens, coisa boba. =)
Papai, obrigada por parar o carro várias vezes..rss

Blogueira fajuta: esqueceu a câmera e fotografou com iPad. Foi mal aê!

Acredita que o coqueiro nasceu DENTRO de uma outra árvore? Esse aí é famoso…

Ponte do rio Pixuá

Salto do Corumbá – cachoeira beeem ao longe

Overdose de jabuticaba no vovô – ps: olha meu pai subindo em árvore!

thanks for the memories ♥

Eu e meu irmão até comentamos ontem: estar nessa casa é mágico! Tomar café nas xícaras da vovó que eu nem conheci, sentar à mesa de 50 anos e sentir cheiro de lavanda antiga não tem preço!

Dê valor a essas pequenas coisas… Elas nos tornam muito mais sensíveis, mais conscientes do nosso tempo.

Dica pros candangos!

Padrão

Sei que todo mundo trabalha e estuda, por esse motivo não dá pra viajar durante a semana, mas todo mundo merece passar pelo menos uns dois dias relaxando, não é?
Essa semana recebi ofertas muito bacanas do Hotel Urbano e separei 3 opções por menos de R$200,00.
Dessa vez as opções foram especialmente separadas pra quem mora no Centro-Oeste.

obs: ofertas retiradas do site às 11h do dia 06 de outubro de 2012.

Ah, basta clicar nas imagens pra ser encaminhado pro link de compra.

Beijos!

Cafézinho em Goiânia!

Padrão

Ufa!
Tô chorando de emoção por conseguir, finalmente, postar. Essa semana fiz mudança e fiquei todos esses dias sem internet e sem tempo algum, ou seja, bloguinho ficou carente. Mas ok, here we are again!

No início dessa semana recebi um texto ótimo do meu querido amigo Murilo. Ele, assim como eu, é fã de cafés e bistrôs, lugares agradáveis pra ler um bom livro e papear, por isso falou um pouquinho sobre os que ele frequenta na sua cidade, Goiânia. Obrigada demais, Fi!

“Antes de qualquer julgamento prévio, é interessante e pertinente deixar claro que essa análise foi feita por um consumidor comum, por um apaixonado por café como tantos outros amantes de uma boa conversa regada por esse valioso líquido preto, que para muitos, é mais valioso que petróleo. Como não poderia deixar de ser, esse texto está sendo escrito à luz de um bom café expresso. Aliás, esse será o parâmetro dessa avaliação. O sabor e o aroma de um bom café expresso. A estrutura e decoração do ambiente podem entrar nessa equação, porém não será determinante como o produto em si.  OK, chega de tanto bla bla bla.

A cidade de Goiânia é um pouco carente de bons cafés, assim como de livrarias, e todos estão localizados na região sul da cidade. Excelentes cafés podem ser encontrados no Flamboyant Shopping. Lá estão o Fran`s Café, Café do Ponto, Copenhagen e os cafés da Livraria Saraiva e da FNAC. No setor Marista, temos o belíssimo  Café Coreto, o Ateliê do Grão, Fran`s Café e no Shopping Bougainvile, o Café do Ponto e o Café do Mundo. No setor Bueno o Café da Tabacaria N.1 é outro que se destaca.

Dadas as coordenadas geográficas para encontrar um bom café em Goiânia, vamos ao que interessa. Começaremos eliminando alguns. Os Cafés do Ponto, tem um custo benefício nada atraente, além de ter um grão duvidoso em relação a sua qualidade, é necessário desembolsar 3,50 R$ para ter o desprazer de prova-lo. O café da FNAC conta com um ambiente muito interessante. Pessoas realmente cool podem ser encontradas ali, o problema é que o café tem o mesmo porém do Café do Ponto. Alias, tudo no café da FNAC é absurdamente mais caro. Antes de prosseguir, quero deixar claro que toda essa reclamação com os preços não são choramingos de um mão de vaca, mas de quem não está disposto a pagar o que o produto não vale.

Mesmo, porque outro café de preço um pouco mais elevado, lembrando sempre que quando falo elevado é em relação aos preços de Goiânia, o café da Kopenhagen, é um café de excelente qualidade. Além do expresso, vale pedir o Cappuccino. Pra quem gosta de chocolate, então, é a melhor pedida! O Ateliê do Grão e a Tabacaria N. 1 não se destacam nem negativamente nem positivamente. São bons cafés, mas comuns.

Deixando os melhores para o final, aponto o café da Saraiva e o Café do Mundo como excelentes lugares para se tomar um bom café. Além de se poder conhecer pessoas legais, você paga baratinho em um café realmente saboroso! O ponto negativo é o espaço apertado e pouco intimista. O Fran`s é muito bom, tanto no Flamboyant quanto o do Setor Marista, entretanto indico ir no do Setor Marista por esse ser um local para se sentar, bater um bom papo e saborear seu café. Sem o vaivém de pessoas de um shopping. Vale muito a pena provar o croissant quentinho com manteiga e ainda o delicioso Francine Mocha.

Deixando para o final, o que considero o melhor de todos, e provavelmente com o preço mais alto, o Café Coreto. Ali, além de funcionar conjuntamente a um ateliê, você estará envolto de uma decoração de extremo bom gosto. Além disso, você pode escolher entre diversos tipos de grãos e aromas. É um lugar realmente muito aconchegante!

Bem, é isso! Fiquem a vontade para provarem de todos esses e para discordar, inclusive. Afinal, essa opinião não consegue se desvincular do pessoal. Pois, trata-se de gosto. Literalmente!”

Imagens: Murilo Cardoso/Google Search

Eu amo Goiânia e isso não é segredo! Com essas avaliações e indicações é certeza que no meu próximo bate-e-volta em Gyn (Goiânia pros íntimos rss) vou fazer um pit-stop nesses cafés.
Murilo, obrigada mais uma vez pela riqueza de detalhes! Amei!

E você? Onde gosta de tomar um cafézinho na sua cidade?

Beijos!

Get ready: final de semana

Padrão

Sei que ainda é terça-feira, mas descobrimos algumas programações bem bacanas pra esse final de semana, então resolvi avisar com antecedência pra que a gente consiga se programar. =)

Pirenópolis/GO

Atenção: Essa programação é muito válida pra galera que mora no Distrito Federal, até porque a famosa “Piri” está há 1h30 da capital.

  •  3º Slow Filme – Festival Internacional de Cinema e Alimentação.
    Entre os dias 13 e 16 de setembro (a partir desta quinta-feira) acontece a terceira edição do Slow Filme. Durante quatro dias serão exibidos, no Cine Pireneus, 20 títulos produzidos em vários países, sob curadoria do cineasta e crítico Sérgio Moriconi, sempre com entrada franca. A programação está muito legal e criativa! Além dos filmes, o Slow Filme conta com uma exposição de fotografia, palestras e degustação de comidas que estejam relacionadas às histórias exibidas.

Entrem no site do evento e confiram como a proposta é tentadora.
Fonte: Slow Filme

Olinda e Recife/PEtô chegando aí mês que vem! uhul

Em homenagem aos meus amigos que tão indo pra Pernambuco essa semana (juízo Ka, Estevão e Thais! rss) e aos que moram por lá também, separei o que vi de mais legal pra esse final de semana por lá.

  • Marcelo Camelo se apresenta no dia 15 de setembro no Teatro UFPE. Ingressos aqui.
  • Burburinho Bar
    Quarta da Dobradinha com Fab2 Beatles Duo e DJ Elcy.
    A partir das 20h – R$8,00 de couvert e mulheres não pagam até 21h.
    Endereço: Rua Tomazina, 106 – Recife
    Li que esse bar é bem bom hein! Ganhou até o título de melhor bar com música ao vivo.
  • FITO – Festival Internacional de Teatros de Objetos
    Durante os dias 14, 15 e 16 de setembro o público recifense poderá assistir a espetáculos inéditos de 12 grupos da França, Argentina, Alemanha, Portugal, Israel, Bélgica e Brasil, onde objetos da indústria, como cadeiras, cabides,copos e talheres, se transformam em “atores e atrizes” de teatro. Confira a programação aqui.
    Esse programa também deve ser bem legal né?

Brasília/DF

Por aqui..

  • Cult 22 Rock Bar
    Na próxima quarta-feira (13), o Cult 22 reabre após dez dias de recesso com mais uma noite do projeto DiaBluezz.
    Endereço: Centro de Atividades 7, Bloco F1, loja 33, Lago Norte – Brasília
    Mais informações: rockbar@cult22.com

    UPDATE – thanks, Kaká!

  • FEIRA IRRACIONAL
    Moda + Arte + Diversão + Brechó + Música + Dança + Ideias + Amor resumem a feira que aconece no próximo sábado (15), de 12h às 19h.
    Endereço: No estacionamento do Ginásio de Esportes ao lado da Feira Permanente do Cruzeiro.
    Assista ao vídeo de divulgação: http://www.youtube.com/watch?v=EsqGNh-Me-Q&feature=g-all-u

  • PRIMAVERA, A REVOLUÇÃO DAS FLORES!
    Na programação do evento, que acontece no próximo domingo (16): palestras de cunho espiritual, música, artesanato e atividade infantil.
    Ingressos: R$30 + 1Kg de alimento não perecível. Ingresso casal R$50. (até 12 anos não paga!)
    Local: Empório do Vale, MI 05/06 do Lago Norte

Curitiba/PR

A cidade que roubou meu coração (rsss) também tem programação legal num lugar legal

  • Oasis Tribute
    A banda Banks toca nessa sábado (15) no Sheridan’s Pub e vai fazer um tributo à banda dos irmãos Gallagher, a famosa Oasis. A noite também vai contar com Tinto Seco e Dr. Jokker.
    A casa abre às 18h e o show começa às 20h. Preço sob consulta – mas creio que a entrada não passe dos R$15 pra mulher e R$20 pra homem.
    Endereço: Rua Bispo Dom José, 2315 – Batel

…………………………………………………………………………………………..

É isso aí… Se alguém estiver sabendo de outra coisa bacana (de qualquer estado) pra essa semana, comenta aqui embaixo que a gente faz um update!
Beijocas!

Vambora com o leitor! #2

Padrão

Ontem estava de bobeira no facebook quando avistei uma foto de um lugar interessante e é claro que não pensei duas vezes em acionar o dono. rs
Adriano logo me respondeu que era no Buraco das Araras, há menos de 2h de Brasília. Nunca tinha ouvido falar desse lugar, mas a foto e a descrição dele me impressionaram. Pedi, então, que ele me enviasse algumas fotos e um breve relato do lugar e ele prontamente topou.

Sem mais delongas, vambora com o leitor Adriano pro Buraco das Araras em Formosa-GO! :)

“Em meio à paisagem quase savânica do cerrado goiano, principalmente em tempos de seca, algo chama a atenção, muita atenção por sinal. Uma cratera com 295 metros de largura e aproximadamente 105 metros de profundidade, é o Buraco das Araras. Devido à umidade, tem em seu interior uma floresta bastante densa, que forma um belo contraste com o lado de fora. O lugar permite a prática de rapel, ou uma “escalaminhada” realmente emocionante.

Depois da odisséia que é a descida, existem trilhas que levam à caverna passando por um amontado de gigantescas pedras, e o rio subterrâneo de águas cristalinas é um espetáculo a parte.  É uma excelente dica de passeio para quem é de Brasília e não aguenta mais barzinho e cinema, o Buraco das araras fica há mais ou menos 30km de Formosa-Go, pouco mais de 1h30 dirigindo tranquilamente.”

Fotos: Adriano Lima

Muito bonito, né? Fiquei encantada!
Pra quem mora no Distrito Federal é uma excelente dica pra sair da rotina, dá pra ir e voltar no mesmo dia. Eu e Sarah já estamos tentando arranjar uma folga da agenda pra visitar esse lugar..
Lembrando que é importante ir preparado pro passeio, afinal, não é uma ladeira de asfalto e sim um amontoado de pedras e cascalho. Se informe sobre os cuidados e enjoy this beautiful place!

Adriano, muito obrigada mais uma vez!

UPDATE:  Nosso amigo Ben-hur de Almeida mandou uma dica super bacana nos comentários e vale a pena saber. O Buraco das Araras fica a 135 km saindo do Vicente Pires, sendo que 7km são em estrada de chão. Ele e os amigos foram a aproximadamente 120 km/h e gastaram pouco mais de uma hora até o local. Bom demais né? Valeu, Ben-hur! ;)

 

E aí, já tinha ouvido falar? Ou melhor, já foi até lá?

Beijos!!!

Alô Goiás!

Padrão

Quem me conhece sabe que não é de agora que frequento o estado goiano, né? Goiânia especialmente.
Minha história com essa cidade é antiga, desde criança mesmo, mas só há menos de dois anos descobri um lugar imperdível.
Na verdade, Lucas (♥) me apresentou dois lugares belíssimos em Goiânia que fogem do roteiro shopping-feirinha da lua (falo dessa aqui as soon as I can). Estive lá nesse último final de semana pro casamento de uns amigos (Parabéns Loris e Estevão!) e aproveitei pra tirar umas fotos pro blog.

A primeira parada foi no Vaca Brava, que é um parque pequeno  e aberto bem no centro da cidade, ao lado do Goiânia Shopping (só uma estreita rua separa os dois). O legal de lá é que de dia você pode curtir a vista do lago pra tomar uma água de coco e ficar de bobeira. Já a noite você pode sair pra comer, já que há muitos bares e restaurantes que cercam o parque, e de quebra dar uma voltinha à luz do luar com seu paquera (ou com os amigos, claro! rs).

De lá seguimos para o meu favorito, o Parque Areião (♥♥♥). Pra mim é sagrado passar por lá quando estou em Goiânia, nem que seja por poucos minutos. O lugar é muito gostoso, bonito, cheio de macaquinhos, lagos, parquinho pras crianças, e a cada curva uma descoberta mais bonita. É bem maior que o Vaca Brava e também localizado no centro da cidade. Recomendo que você vá com tempo e com uma câmera, de repente até um livro e uns lanchinhos. Mas pera lá! Se levar comida, leve escondida na mochila, porque os macacos farejam de longe um rango. hehe Leve algumas frutas e tenha o prazer de alimentá-los de perto sem precisar dividir. rs
ps: eles não atacam e pegam as frutas na sua mão sem drama, mas não tente bancar o esperto, afinal, a casa é deles.

E pra vocês medirem o nível das girls..rsss

Fotos: AnnaBeatrip/Lucas Faria

Deu pra ver que minhas companhias tornaram o passeio mais legal e engraçado ainda! Thanks, guys!

EXTRA: SERIA TRÁGICO SE NÃO FOSSE CÔMICO!

Como nem tudo na vida são flores, quero compartilhar uma história muito engraçada que vivi em Goiânia dia desses.
Fui trabalhar num show que rolou na cidade há uns 3 meses e fui com meu carro cheio. Sarah, Wouenifer, Laís e Gabriel foram meus companheiros de aventura. rss

O show ia terminar muito tarde, como previsto, e um amigo meu ofereceu o apê dele pra gente pernoitar e voltar pra Brasília logo cedo, mas adivinha só o que aconteceu depois do show: ele me deu boa noite e vazou pra casa deles. hahaha! Acredite! Se ele esqueceu ou fez de propósito, não sei, mas sei que nesse momento eu senti muita aflição. Imagine só: eu me responsabilizei diante dos pais da galera que veio comigo que não dormiríamos na rua e olha que situação!
Bom, liguei pra inúmeros amigos em Goiânia, mas a Lei de Murphy foi eficaz e ninguem atendeu. Pra piorar, eu não sabia andar na cidade e mesmo sendo tão frequente por lá, a logística do trânsito nunca entrou na minha cabeça. Sei que saí rumo ao centro da cidade e parei num posto de gasolina com um Subway 24h (pensei: se nada der certo, pelo menos a gente fica aqui onde tem civilização.). Tentamos mais uma vez alguns números e nada, quando Laís lembrou que uma tia morava nas redondezas. Hesitamos em fazer o contato, afinal já eram 2h da manhã, mas no desespero não teve jeito, ligamos! Graças a Deus, tia Lenice (anjo!) prontamente nos atendeu e ensinou o caminho. Por sorte estávamos há poucas quadras da casa (como pode né?) e chegamos rapidinho. Dormimos cada um numa cama, no bem bom e ainda tivemos café da manhã!

O que seríamos sem essas histórias pra contar, né? Eu acho o máximo! hehe

Alguém aí já passou uma situação inusitada em viagem também?

Beijos