Londres por Thales Maciel

Padrão

Dando continuidade às dicas do Thales, lá vai um post com alma britânica.

“Londres é uma cidade incrível. É linda, segura, divertida, diferente, funcional e muito organizada.

Ela é divida em zonas, como as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, por exemplo, que são divididas em zona sul, norte e por aí vai. O centro de Londres fica nas Zonas 1 e 2, onde se encontram a maioria dos restaurante, lojas, hospitais, bares e boates. Também é muito caro de se morar se você não dividir apartamento com ninguém ou resolver alugar um por conta própria. Portanto, se você não for muito rico, ficará muito caro morar na Zona 1 sozinho.

Como disse, fiquei lá por 1 mês e não senti falta do meu carro nenhuma vez, mesmo de madrugada. O serviço de transporte público é muito eficiente. O que eu aconselho é comprar um Oyster Card, que é um cartão de transporte que dá direito a andar quantas vezes você quiser de metrô ou ônibus, nas Zonas 1 e 2 de Londres. É interessante comprá-lo, já que pagar pelas passagens de ônibus e metrô toda vez que você for usar o transporte público ficará muito mais caro do que comprar o Oyster Card. Talvez você esteja pensando que o cartão poderia abranger mais zonas, mas se você não morar nas demais zonas, dificilmente você irá para aqueles lados porque são basicamente zonas residenciais.

Eu fui durante o inverno, o que para algumas pessoas pode não ser muito confortável, mas o frio é algo que você se acostuma com facilidade. No início era um barato, porque se você mora em um Estado quente como o meu, o frio é algo raro, depois enche um pouco a paciência por causa das camadas de roupas que são necessárias vestir e por último é algo que você fica familiarizado porque faz parte da vida na Europa nessa época do ano.

Existem vários pontos turísticos famosos em Londres, como o Big Bang, o Palácio de Buckingham e a London Eye, mas aconselho andar o máximo que puder pela cidade. Não existe jeito melhor de conhecer um lugar do que andar por ele, nem que você passe um tempo perdido porque mesmo perdido eu garanto que vai conhecer um lugar legal e gente interessante. Alguns lugares legais para ir em Londres é a Piccadilly Circus, o bairro boêmio de Londres, onde você irá encontrar vários pubs e boates, a Oxford Street, uma rua enorme com todos os tipos de lojas que se possa imaginar, desde de lojas de roupas de marca a uma loja da Apple gigante. Outro lugar que gostava muito e ia com frequência era Camden Town, o bairro dos punks. Um lugar incrível com várias lojas e brechós, e vários becos que eu aconselho a entrar. Não precisa ter medo por que é super tranquilo, mas aconselho a ir de dia porque de noite pode ser um pouco pesado.

Londres é uma cidade muito segura. Por muitas vezes andei pela cidade de madrugada, voltando de alguma festa ou algo do tipo e nunca tive qualquer problema. Sempre me senti muito seguro. Agora, qualquer pessoa que ande no centro de Londres ou no metrô vai perceber que não existem lixeiras. Isso é por causa de ataques terroristas. Não existem lixeiras porque em um possível ataque pode ser colocado uma bomba em uma dessas lixeiras. Isso é levado tão a sério, que no metrô existem sinais escritos e sonoros para não se deixar malas e bolsas desacompanhadas porque senão elas serão recolhidas e destruídas. Até mesmo nos McDonald´s do centro não existem lixeiras. Você termina de comer e deixa o lixo sobre a mesa que um funcionário recolhe e deposita em um lugar dentro da cozinha e não ao alcance das pessoas. Mas não precisa ficar com receio de nada porque como eu disse, Londres é uma cidade muito segura.

Outra coisa boa de viajar para Inglaterra ou qualquer outro país da Europa é a possibilidade de viajar e conhecer outros países. Viajar dentro da Europa é muito barato, especialmente se for de avião. Aquele trem que liga a Inglaterra a França, não é tão barato quanto ir de avião. Aproveitando essa situação, viajei para a República Tcheca e a Holanda. Passei o ano novo na cidade de Praga e depois fui passar alguns dias em Amsterdã com alguns amigos que fiz em Londres.

Então, acho que Londres é uma cidade que todos deveriam conhecer antes de morrer. Não vão faltar memórias inesquecíveis e histórias para contar.”

Muito bacana, não?
Obrigada, Thales, por essas dicas tão precisas e importantes! Thanks a lot!

Se ficou alguma dúvida, alguma pergunta sobre burocracia, sobre o processo de ingresso ao intercâmbio, deixe nos comentários. Thales disse que responde o que estiver ao seu alcance com prazer. =)

Eu tenho planos de voltar a Europa em breve, quem sabe Londres entra no roteiro? =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s